SUSTENTABILIDADE E PRÁTICAS AGROECOLÓGICAS NA COMUNIDADE QUILOMBOLA MUTUCA (MT)

Autores

  • Juliana Ribeirao de Freitas Instituto Federal de Mato Grosso – Campus Várzea Grande
  • Jenaina Alves Silva Instituto Federal de Mato Grosso – Campus Várzea Grande
  • Livia Maschio Fioravanti Instituto Federal de Mato Grosso – Campus Várzea Grande
  • Giovana Rosangela Ferreira Mendes Instituto Federal de Mato Grosso – Campus Várzea Grande

Palavras-chave:

Sustentabilidade, Mutuca, Agroecologia, Desenvolvimento Urbano

Resumo

Este trabalho analisa a relação campo-cidade a partir da comunidade Ribeirão da Mutuca, comunidade quilombola com 120 famílias formadas por remanescentes de escravos localizada no município de Nossa Senhora do Livramento, no Estado de Mato Grosso. A partir de uma análise das práticas agroecológicas e sua importância econômica, social e ambiental para os moradores de Mutuca, também se indicaram as principais dificuldades enfrentadas para a manutenção dessas práticas agroecológicas e comercialização dos seus produtos. Foram realizados levantamentos bibliográficos, documental e de dados estatísticos, além de visitas in loco por meio da observação dirigida às atividades da comunidade. Como resultados alcançados, obteve-se uma compreensão atualizada sobre as relações socioeconômicas da comunidade quilombola, dando visibilidade aos problemas enfrentados pelos moradores.

Downloads

Publicado

2021-12-18

Como Citar

Freitas, J. R. de, Silva, J. A., Fioravanti, L. M., & Mendes, G. R. F. (2021). SUSTENTABILIDADE E PRÁTICAS AGROECOLÓGICAS NA COMUNIDADE QUILOMBOLA MUTUCA (MT). REVISTA DE EXTENSÃO E INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA UNISOCIESC, 9(1). Recuperado de https://reis.unisociesc.com.br/index.php/reis/article/view/337